24/01/2021 às 07h31min - Atualizada em 24/01/2021 às 07h31min

Fiocruz inicia a distribuição das doses da vacina AstraZeneca/Oxford

Os caminhões começaram a sair por volta das 14h da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, com direção aos estados brasileiros

As duas milhões de doses da vacina AstraZeneca/Oxford contra a covid-19, que chegaram ao Rio de Janeiro na noite de sexta-feira (22/1) vindas da originalmente da Índia, onde foram compradas pelo governo federal no Instituto Serum, começaram a seguir para distribuição para os estados brasileiros na tarde do sábado (23). 
 

Por volta das 14h, dois caminhões deixaram a Fundação Oswaldo Cruz, na Avenida Brasil, com algumas doses. Não foi divulgado pelo instituto nem o destino dos veículos, nem o volume do carregamento de cada um deles. Segundo a Fiocruz, a previsão é de que as últimas doses sairão até por volta das 16h, quando haverá uma coletiva de imprensa com a presença da presidente da Fundação, Nísia Trindade Lima, na Fiocruz, no campus de Manguinhos.

Também é aguardado para o mesmo período a primeira vacinação no Brasil com o imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford, em parceria com a AstraZeneca. A primeira pessoa a receber a vacina é o infectologista Estevão Portela, do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas. A segunda pessoa também a receber o imunizante foi divulgada é a médica pneumologista Margareth Dalcolmo, do Centro de Referência Professor Helio Fraga. Ambos estão na linha de frente de combate ao vírus.

Aguardadas na semana passada, as doses da vacina AstraZeneca/Oxford chegaram na sexta-feira (22) em São Paulo, no Aeroporto de Guarulhos, por volta das 17h em um voo da empresa Emirates. Depois seguiram para o Rio de Janeiro, onde chegaram por volta das 22h ao Galeão trazidas pela Azul.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego