03/04/2021 às 08h33min - Atualizada em 03/04/2021 às 08h33min

Governo libera lista de aprovados do novo auxílio emergencial; saiba se tem direito

Beneficiários podem consultar por meio dos portais do Ministério da Cidadania, Caixa Econômica Federal e da Dataprev, ou pelo telefone 113

O governo federal liberou, nesta sexta-feira (2/4), a lista dos aprovados para o recebimento do novo auxílio emergencial. A consulta pode ser realizada na plataforma digital do Ministério da Cidadania. Os beneficiários têm a opção de consultar também, pelos portais da Caixa Econômica Federal e da Dataprev, ou pelo telefone 113.
 

De acordo com a pasta, o grupo de trabalhadores que recebeu o benefício em dezembro de 2020, pode consultar se foi considerado elegível ou não ao recebimento. Já aqueles que forem considerados inelegíveis terão 10 dias para apresentar a contestação.

O crédito estará disponível na próxima terça-feira (6/4) para trabalhadores nascidos em janeiro que se inscreveram pela Caixa e integrantes do Cadastro Único do Governo Federal. Os beneficiários do Bolsa Família receberão no dia 16 de abril.

O novo auxílio emergencial será pago em quatro parcelas mensais de R$ 250, em média, em exceção às mulheres que criam os filhos sozinhas, que terão direito a R$ 375, e a pessoas que moram sozinhas receberão R$ 150.

"O objetivo é executar o pagamento de forma transparente, utilizando as contas digitais e evitando aglomerações. É importante compreendermos que passamos por um período de dificuldade e temos que alcançar rapidamente os que mais precisam", disse o ministro da Cidadania, João Roma.

Quem tem direito

O benefício será pago a famílias com renda per capita de até meio salário mínimo e renda mensal total de até três salários mínimos. Trabalhadores formais continuam impedidos de solicitar o recurso.

Além disso, cidadãos que recebam benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista ou de programa de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família e do PIS/PASEP, não fazem parte do público que receberá as parcelas de R$ 250.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego