15/07/2021 às 07h54min - Atualizada em 15/07/2021 às 07h54min

Jovem de Santa Maria faz rifa para participar de peneira do Flamengo

Caio Peixoto, de 12 anos, foi convidado por olheiros do Rubro-Negro para participar de uma seletiva em Curitiba

Um garoto da cidade de Santa Maria, região administrativa do Distrito Federal, está promovendo uma rifa para ir atrás de seu sonho. Caio Peixoto tem 12 anos de idade, ele chamado por olheiros do Flamengo para participar de uma peneira em Curitiba, em uma das instalações do Rubro-Negro. No entanto, precisa de uma força para conseguir custear a viagem para a capital paranaense.
 
O convite aconteceu depois de uma seletiva realizada no último mês no Projeto Social Meninas e Meninos da Vila DVO, onde Caio treina. Por conta de seu ótimo desempenho, ele e mais um garoto foram convidados para irem até Curitiba participarem de uma peneira oficial do Mengão no mês que vem.
 
Apoio da vizinhança
A viagem para Curitiba, no entanto, não é simples de ser feita. Há quase 1.400 km de distância do Distrito Federal, Caio busca ajuda para conseguir custear passagem, estadia e alimentação dele e de um responsável que irá acompanhá-lo na busca pelo sonho de ser jogador profissional.
 
Por isso, com a ajuda da família, o garoto conseguiu reunir alguns lojistas da região para organizar uma rifa com o objetivo de levá-lo à Curitiba. Por R$10, ele está vendendo a rifa que terá cinco sorteados. Os prêmios variam de tênis, vouchers em lojas e até mesmo procedimentos em salões de cabelereiro.
 
O pai dele, Alessandro dos Santos Peixoto, de 41 anos, conta como surgiu a ideia de realizar a rifa para conseguir realizar o sonho de Caio.
 
“As vezes nós não estamos preparados para a oportunidade, mas precisamos dar um jeito. A notícia é incrível. Estamos correndo atrás e fazendo o possível para arrecadar os fundos e não deixarmos essa, que pode ser a oportunidade de nossas vidas, passar”, revelou Alessandro.
 
Os prêmios são contribuições desses comerciantes que resolveram apoiar o garoto para realizar o sonho de se tornar jogador.
 
Família na luta
Apesar da oportunidade surgida no futebol, Caio era atleta de outro esporte. Incentivado pelos pais desde cedo a praticar atividades físicas, o menino lutava taekwondo antes de partir para os gramados.
 
Alessandro dos Santos Peixoto, de 41 anos, conta que sempre apoiou Caio e seus outros dois filhos a praticarem esportes e explica o que considera o mais importante nesse apoio para a prática de esportes.
 
“O esporte é o melhor aminho para ensinar muitas coisas boas para as crianças e para deixá-las longe das ruas e de más influências. Eu e minha esposa, Tatiele, sempre incentivamos ele, levando-o em campeonatos, grand slams e nos treinos. Desde 2018 ele passou a jogar futebol, mas desde muito novo ele sempre praticou esportes”, contou.
 
Davi, o irmão mais novo de Caio de apenas 7 anos de idade, também segue o caminho do irmão e jtambém já luta taekwondo.
 
A avaliação de Caio será realizada entre os dias 16 de agosto à 21 de agosto. Se você quiser ajudar e concorrer aos prêmios da rifa dele, entre em contato pelo telefone 61-985094880 para mais informações. O sorteio será realizado dia 8 de agosto.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego