01/08/2021 às 09h56min - Atualizada em 01/08/2021 às 09h56min

Ibaneis: “Fomos atendidos integralmente no pleito de doses extras”

Há meses, o governador do DF tem reivindicado o envio de mais vacinas para atender grupos não contabilizados pelo Ministério da Saúde

O governador Ibaneis Rocha (MDB) confirmou, neste sábado (31/7), que o Ministério da Saúde atendeu o pedido para disponibilizar 292.055 doses extras de vacinas contra a Covid-19 no repasse previsto pelo Governo do Distrito Federal (GDF). Um documento com a autorização foi expedido pela pasta federal na noite da última sexta-feira (30/7).
 
 
De acordo com o governador, o montante adicional será dividido em três etapas: a primeira delas, com cerca de 90 mil doses da Pfizer, foi liberada pela manhã e as outras 200 mil previstas devem chegar nas próximas remessas.
 
“Fomos atendidos integralmente no nosso pleito de doses extras. As 90 mil de agora são antecipação das 290 mil. O Ministério da Saúde enviará nas próximas duas pautas 200 mil doses extras, além das ordinariamente previstas”, explicou o emedebista.
 
Antes da confirmação do governo federal, a Procuradoria-Geral do Distrito Federal (PGDF) chegou a ingressar com uma ação no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para cobrar da União o incremento das remessas, visto que inúmeras categorias de servidores federais foram incluídos no plano de imunização sem a previsão inicial dentro da contabilidade de doses necessárias.
 
A reivindicação ganhou ainda mais força após a Secretaria de Saúde diagnosticar, por meio de sequenciamento genético, a presença da variante Delta do Sars-Cov-2 em cerca de 50 pessoas do Distrito Federal. Pelo menos quatro óbitos foram confirmados pela mutação da Covid-19, considerada mais transmissível.
 
 
Com a sinalização positiva do Ministério da Saúde, contudo, o objeto da ação perde o efeito e o pedido judicial deve ser retirado de tramitação pelo Palácio do Buriti.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego