03/08/2021 às 09h46min - Atualizada em 03/08/2021 às 09h46min

Veja quem pode se vacinar nesta terça (3/8) em SP, RJ, GO, MG e RS

As capitais tentam acelerar a vacinação contra a Covid-19. Algumas aplicam a segunda dose e outras reduzem a idade contemplada

A vacinação contra a Covid-19 está sendo acelerada em algumas capitais, como em Porto Alegre (RS), que nesta terça-feira (3/8) imuniza mulheres com 28 anos ou mais.
 
 
A capital gaúcha também manterá a vacinação para adolescentes com comorbidades a partir de 12 anos (1ª dose) e gestantes e puérperas (2ª dose). Para receber a primeira dose, todos os públicos devem apresentar documento de identidade com CPF e comprovante de residência em Porto Alegre. Para os cuidadores de crianças ou adolescentes com deficiência permanente, é preciso certidão de nascimento ou documento de guarda e comprovação da deficiência permanente.
 
Gestantes precisam de documento que comprove a gestação (exame laboratorial/ecográfico ou o cartão de pré-natal) e puérperas, documento que comprove o puerpério (registro de alta hospitalar ou certidão de nascimento da criança). Já as lactantes devem levar documento de comprovação que contenha a data de nascimento da criança.
 
 
São Paulo
O calendário de imunização na cidade prevê a convocação de pessoas que tenham 28 anos ou mais, nesta terça-feira.
 
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) reforça a obrigatoriedade de o cidadão apresentar no ato da imunização um comprovante de residência na capital, e os documentos pessoais, preferencialmente o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).
 
 
Rio de Janeiro
O Rio vacina nesta terça-feira a população com 31 anos. Quem vai receber a vacina deve apresentar identificação original com foto, número do CPF e, se possível, a caderneta de vacinação. Para a segunda dose, é importante levar também o comprovante da primeira aplicação.
 
Pessoas com deficiência devem apresentar laudo da rede pública ou particular; cartões de gratuidade no transporte público; documentos comprobatórios de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas no atendimento de pessoas com deficiência; documento oficial de identidade com a indicação da deficiência ou qualquer outro documento que indique se tratar de uma pessoa com deficiência.
Minas Gerais
A Prefeitura de Belo Horizonte (MG) aplica a segunda dose em pessoas com comorbidades de 53 e 54 anos. Só poderá antecipar a segunda dose o grupo convocado cuja a data marcada no cartão para a aplicação da segunda dose seja menor ou igual a 7 dias.
 
 
Grávidas, puérperas e idosos continuam sendo vacinados, sem agendamento, no Ciams Dr Domingos Viggiano, que fica no Jardim América. As pessoas com comorbidades e outros grupos prioritários, como trabalhadores da Saúde e da Educação, continuam sendo atendidas no CSF Leste Universitário, por agendamento. A segunda dose dos imunizantes AstraZeneca e Pfizer seguem sendo ministradas em 13 pontos, também sem agendamento, conforme cronograma divulgado pela SMS que está disponível no site da Prefeitura.
 
Bom dia. Você pode dar um clique em cada matéria abaixo?
Além de estar ajudando a aumentar meus acessos, estará se atualizando.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego