07/08/2021 às 08h21min - Atualizada em 07/08/2021 às 08h21min

Polícia do Rio prende traficante que ostentava armas nas redes sociais

Ligeirinho publicava fotos e vídeos com armamento de diferentes calibres, além de drogas e bebidas alcoólicas em festas na comunidade

Uma ação conjunta entre as polícias Civil e Militar do Rio de Janeiro prendeu, nesta sexta-feira (6/8), um criminoso conhecido como Ligeirinho, apontado como um dos líderes do tráfico de drogas na comunidade Castelar, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.
 
 
O homem é conhecido por ostentar armas nas redes sociais. Em fotos, ele aparece em ruas da comunidade e festas regadas a drogas e bebidas alcoólicas.
 
 
Também nas redes sociais, o acusado compartilhava fotos e vídeos de outros traficantes armados e até de execuções a tiros. Ele também exaltava a paz na comunidade sob seu comando e ameaçava atacar quem a invadisse.
 
 
Em nota, a Polícia Militar informou que havia um mandado de prisão em aberto contra Ligeirinho por tráfico de drogas.
 
Suspeito de tráfico diz à polícia que sonhou com prisão em Curitiba

O suspeito lidera a comunidade onde os meninos Lucas Matheus, Alexandre da Silva e Fernando Henrique desapareceram há sete meses. No fim de julho, um homem acusou o irmão de jogar os corpos das crianças de 9, 11 e 12 anos no Rio Botas, em Belford Roxo, após elas terem sido espancadas e mortas a mando do traficante José Carlos dos Prazeres Silva, o Piranha, também acusado de tráfico.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego