23/08/2021 às 12h23min - Atualizada em 23/08/2021 às 12h23min

Em 2 horas, PCDF localiza e prende golpistas que agiam pelo WhatsApp

A ação teve apoio da Polícia Civil de Mato Grosso (MT) e da Divisão de Operações Especiais (DOE), unidade da PCDF

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) localizou e prendeu três pessoas suspeitas de aplicar golpes por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp. Os autores moram em Mato Grosso e fizeram vítimas na capital federal. A atuação dos investigadores ocorreu na última sexta-feira (20/8) e durou cerca de duas horas. O intervalo consiste entre a comunicação do crime à polícia e a prisão dos autores em flagrante. A ação teve apoio da Polícia Civil de Mato Grosso (MT) e da Divisão de Operações Especiais (DOE), unidade da PCDF.
 
 
Segundo as investigações, uma moradora do Distrito Federal foi vítima do crime de estelionato através de golpe no WhatsApp. Os criminosos usaram a foto de um de seus conhecidos e solicitaram transferência via Pix.
 
 
Alguns minutos após a transação, a mulher percebeu que se tratava de um crime e acionou a PCDF. Investigadores da Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Ordem Tributária e a Fraudes (Corf) conseguiram identificar e bloquear as contas envolvidas.
 
 
Logo em seguida, o grupo de trabalho, composto pela Corf, DOE e PCMT, identificou o primeiro beneficiário da fraude, o qual foi preso em flagrante.
 
 
Ainda na investigação preliminar, mais dois autores foram localizados e conduzidos à delegacia do Mato Grosso, onde responderão por associação criminosa e estelionato majorado.
 
 
A resposta imediata e a integração das polícias do Distrito Federal e do Mato Grosso permitiu a interceptação do montante obtido por meio da fraude. A vitima terá o valor do depósito repatriado. A investigação segue para apurar se os autores fizeram outras vítimas.
 
A PCDF alerta para os cuidados que todos devem ter ao expor informações pessoais assim como fotos e vídeos na internet. O acesso a esses dados facilita a ação de criminosos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego