27/08/2021 às 06h38min - Atualizada em 27/08/2021 às 06h38min

Vídeo. Câmeras flagram perseguição antes de advogado atropelar Tatiana Matsunaga

Momentos depois, Paulo Ricardo Milhomem atropelaria a mulher de forma brutal, na manhã de quarta-feira (25/8), no Lago Sul

Carlos Carone
METRÓPOLES
Câmeras espalhadas pelas vias do Lago Sul registraram trechos da perseguição do motorista Paulo Ricardo Moraes Milhomem, 37 anos, à advogada e servidora da Agência Reguladora de águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa) Tatiana Machado Matsunaga. Momentos depois, ele atropelaria a mulher de forma brutal, na manhã de quarta-feira (25/8), no Lago Sul.
 
As imagens mostram o Fiat Idea prata dirigido por Paulo Ricardo e o Hyundai Creta branco onde estava Tatiana e o filho, de 8 anos. Pelos vídeos é possível ver que os carros trafegavam rápido, com Tatiana passando sobre um quebra-molas de forma abrupta, na tentativa de escapar do homem que a perseguia.
 
As câmeras ainda registraram o momento em que a advogada entra no conjunto onde mora e o advogado trabalhista entra logo em seguida, na tentativa de interceptá-la. Após a confusão na frente da casa, onde Paulo Roberto Joga o carro sobre a servidora, passando por cima dela, as câmeras flagram o momento em que o motorista foge em alta velocidade.
 
A advogada passou por cirurgia no mesmo dia do atropelamento. Segundo familiares de Tatiana, ela teve traumatismo craniano, fratura da bacia e fratura exposta do tornozelo. Ela deu entrada na sala de cirurgia do Hospital de Brasília no fim da manhã de ontem.
 
Distrito Federal
Vídeo: após briga de trânsito, advogado persegue e atropela mulher no Lago Sul
Milhomem, autuado por tentativa de homicídio, trabalhou como assessor do deputado federal João Carlos Bacelar (PL-BA), em cargo de natureza especial, com salário de R$ 5,1 mil, até 2018, quando foi exonerado. O advogado deverá passar por audiência de custódia nesta quinta-feira (26/8).
 
Atropelamento gravado
Câmeras do circuito de segurança da casa também flagraram o momento do crime. Quando a advogada posiciona o veículo de ré para entrar em sua garagem, o atropelador chega e começa troca de ofensas. Com a gritaria, o marido da vítima sai de casa para ver o que estava acontecendo. Logo depois que Tatiana desce do carro, o autor do crime faz uma manobra brusca e joga o veículo sobre a vítima, com violência.
 
O caso é investigado pela 10ª Delegacia de Polícia (Lago Sul). Logo após o crime, o homem apresentou-se na unidade policial acompanhado por um advogado. Milhomem teve a prisão em flagrante convertida em preventiva.
 
Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal (OAB-DF) ressaltou que “o atropelamento da advogada Tatiana Machado Matsunaga choca a sociedade e a advocacia, pela brutalidade, pela motivação e pelo fato de ser um advogado o autor do crime, flagrado pelas autoridades.”
 
Além disso, a entidade informou que “se coloca à disposição da vítima e de sua família e deseja pronta recuperação.”
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego