27/08/2021 às 07h09min - Atualizada em 27/08/2021 às 07h09min

Bolsonaro sobre 7/9: “Não queremos ruptura, mas devemos lealdade ao povo”

Presidente realiza nesta quinta-feira sua tradicional live pelas redes sociais e volta a convocar apoiadores para atos no feriado

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou sua live nas redes sociais nesta quinta-feira (26/8) para repetir algumas vezes que os movimentos pró-governo que organizam atos para o dia 7 de Setembro são pacíficos: “Não queremos nem trabalhamos por ruptura, nem sonhamos com isso”, disse ele na transmissão. “Agora, nós devemos lealdade ao povo brasileiro”, alertou.
 
 
O presidente disse que espera grandes atos em Brasília e em São Paulo e prometeu participar de ambos. “É um movimento espontâneo da população”, disse ele.
 
“E quero agradecer todos os policiais militares do Brasil que nesses dias participam de serviço na segurança dessas pessoas. Vocês são fantásticos nesses momentos”, afirmou Bolsonaro, que também contou estar convidando seus ministros para os eventos: “Sem qualquer constrangimento. Quem não puder comparecer, não compareça. Não precisa cancelar outro compromisso”.
 
Embate institucional
Na quarta (25/8) o presidente Jair Bolsonaro recuperou e postou em suas redes sociais um vídeo de abril deste ano em que ele fala sobre uma suposta “guerra” e que conhece o “câncer do Brasil”.
 
 
A postagem aconteceu logo após o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), recusar pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do STF, e do ministro Edson Fachin arquivar reclamação contra inquéritos abertos sem pedido do Ministério Público.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego