15/09/2017 às 18h16min - Atualizada em 15/09/2017 às 18h16min

Festival é aberto nesta sexta (15) e filmes de Brasília serão exibidos a partir de segunda (18)

Denise Caputo
Comunicação Social - Câmara Legislativa

 

Mais antigo do País, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro chega a sua 50ª edição este ano. Na solenidade de abertura, marcada para a noite desta sexta-feira (18), no Cine Brasília, será exibido o filme "Não devore meu coração!", do carioca Felipe Bragança. A produção já passou por festivais como Sundance (EUA), Berlim e Toulousse (França) e deve estrear em circuito comercial em novembro. A vasta programação do festival inclui a Mostra Brasília, tradicional vitrine da produção cinematográfica da cidade. Em cartaz a partir de segunda-feira (18), os filmes selecionados para esse espaço concorrem a um total de R$ 240 mil em prêmios do Troféu Câmara Legislativa.

Em sua 22ª edição, a premiação do Legislativo local vai ser disputada por 14 filmes – quatro longas e 13 curtas –, os quais foram escolhidos entre 86 títulos inscritos. De diferentes gêneros e estéticas, as obras tratam de temas como bullying, luta indigenista, amor, política, entre outros, consolidando uma programação que mostra a diversidade e a riqueza da produção audiovisual do DF realizada no último ano.

A programação da Mostra Brasília vai de segunda (18) a sexta (22), a partir das 18h30, no Cine Brasília, com entrada franca. Os filmes ainda serão reexibidos às 10h do dia seguinte ao da exibição no festival no auditório da Câmara Legislativa, para estudantes de escolas públicas e demais interessados. Além disso, este ano serão realizados debates sobre os filmes de 19 a 26 de setembro, das 11h às 13h, no auditório da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB). A discussões mediadas pelos jornalistas especialistas em cinema Ulisses de Freitas, Ciro Marcondes e Pablo Gonçalo.

Prêmios - O Troféu Câmara Legislativa do Distrito Federal foi criado em 1996 para fomentar a produção audiovisual brasiliense, assim como reconhecer novos talentos. Em seus 22 anos, 80 filmes foram premiados, e a CLDF entregou R$ 3 milhões em prêmios.

Nesta edição, as principais premiações do Troféu foram incrementadas: o melhor filme de longa-metragem escolhido pelo júri oficial receberá R$ 100 mil, e o melhor longa eleito pelo júri popular ganhará R$ 40 mil (confira aqui todos os prêmios).

Além disso, o longa vencedor da Mostra Brasília segundo o voto do público também vai receber o Prêmio Petrobras de Cinema no valor de R$ 100 mil, para distribuição do filme em, pelo menos, dez salas de três localidades durante os primeiros 90 dias de lançamento comercial. A votação do júri popular será feita por meio eletrônico ao final de cada uma das sessões, por aplicativo no celular ou pelos totens disponíveis no local de exibição.

Assim como em anos anteriores, as empresas CiaRio e Naymar também vão premiar os filmes mais aclamados pelo público da Mostra Brasília. O melhor longa e o melhor curta segundo o júri popular vão receber o Prêmio CiaRio no valor de R$ 20 mil e R$ 8 mil, respectivamente, para a locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria da Naymar.

Júri oficial - Três importantes nomes do cinema vão integrar o júri oficial do 22º Troféu Câmara Legislativa. Os filmes vencedores da premiação serão escolhidos pelo cineasta e crítico de cinema Amir Labaki, pela diretora e roteirista Betse de Paula e pelo documentarista e professor Vladimir Carvalho (confira os currículos aqui). São três profissionais de destaque na história do Festival de Brasília e da produção audiovisual nacional.

As produções vencedoras serão conhecidas no próximo dia 24, às 19h, na solenidade de encerramento do festival.

Filmes selecionados

Programação

Comissão de Seleção

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego