09/12/2017 às 05h50min - Atualizada em 09/12/2017 às 05h50min

Brasileira é brutalmente assassinada a golpes de taco de beisebol no Havaí

Jbr

Uma brasileira foi brutalmente assassinada nessa quinta-feira (7), perto da praia Ke Iki, ao norte da ilha Oahu, no Havaí. Telma Emery, de 51 anos, sofreu pauladas e teve a filha de oito anos amarrada no andar de cima durante a agressão. A vítima estaria no local após ser contratada para fazer uma faxina.

Horas depois do crime, um homem e uma mulher foram detidos por suspeita de envolvimento na ação. Os dois foram apontados como responsáveis por roubar um carro que teria sido usado e estava sendo procurado pelos policiais.

O viúvo da vítima, o americano Kevin Emery, disse que ficou sabendo do crime após receber um telefonema de um policial. Segundo ele, a esposa teria sido agredida com “pauladas” de um taco de beisebol e sufocada. Após a violência, a bolsa e o carro dela foram roubados. A criança foi encontrada com os braços e pernas amarrados e a boca tapada por uma fita autoadesiva.

 

A vítima trabalhava como professora substituta em uma escola de educação primária e costumava ajudar crianças brasileiras com o idioma, segundo Kevin. A sogra destacou que a nora era “o mais bonito dos seres humanos de North Shore”.

Repercussão

Com a repercussão do caso, o campeão de surfe Kelly Slater chegou a compartilhar uma mensagem com a placa do carro e depois informou sobre a prisão dos suspeitos, ao prestar condolências à família. “Eu não conhecia a vítima, mas ela era amiga de muitos dos meus amigos. Isso é simplesmente horrível”, destacou o surfista.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »