01/04/2018 às 06h49min - Atualizada em 01/04/2018 às 06h49min

RAPIDINHAS

Notibras
LÁ FORA -

É ‘tchau, querido!’ ou fica a ideia de impunidade?


jornal britânico Financial Times publicou nesta tarde de sexta-feira, 30, um texto sobre os mais recentes episódios envolvendo o ex-presidente Lula, questionando se o petista será ou não preso, sob o título “Lula: é finalmente ‘tchau, querido?”. Afirma que a realidade competiu com a ficção durante toda esta semana, ao abordar desde os tiros contra a caravana do petista, a polêmica com a série “O Mecanismo” até a concessão de prisão domiciliar a Paulo Maluf (PP), que dá o tom da conclusão de que a impunidade está longe de acabar no Brasil.
 
NO CADAFALSO
 Drogas etc ameaçam mandatos de Erika, Jean e Ivan
O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados determinou a abertura de processo disciplinares contra Jean Wyllys, Érika Kokay e Ivan Valente. As três representações foram apresentadas pelo PR, que pede a cassação dos parlamentares. As representações contra Érika Kokay e Ivan Valente baseiam-se em declarações sobre parlamentares que votaram contra as denúncias ligadas a Temer. No caso de Wyllys, a representação baseia-se em entrevista em que ele diz que consumiria drogas ilícitas.
 
MENTIRA VERDADEIRA 
FAKE NEWS DEITAM E ROLAM, REVIVENDO TEORIA DE GOEBBELS
Em época de campanha eleitoral, vale quase tudo para desmoralizar esse e aquele. Em comunicado oficial divulgado nas redes sociais na noite desta sexta-feira, 30, o MBL nega seu envolvimento na propagação de fake news e diz que o “estudo da USP”, no qual teria se baseado a acusação, “nunca existiu e foi desmentido pela instituição”. “O ministro Luiz Fux fez uso de tal ‘estudo’ para justificar uma investigação sobre o tema; o Ministério Público pediu à USP que enviasse o estudo para iniciarem seus trabalhos. É deprimente ver um ministro do supremo fazendo uso de uma notícia falsa para investigar….notícias falsas!”, diz a nota. “Uma força tarefa de advogados está sendo montada para processar todos os veículos que propagam fake news a nosso respeito.”
 
 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego