03/11/2018 às 07h32min - Atualizada em 03/11/2018 às 07h32min

Polícia apreende submetralhadora de calibre restrito, em Santa Maria

A arma, de fabricação caseira, estava em posse de três homens, que costumavam treinar tiro nas proximidades do condomínio Porto Rico. O trio conseguiu fugir

correioweb

Uma submetralhadora calibre 40 de fabricação caseira foi apreendida na madrugada desta sexta-feira (2/11) na região do condomínio Porto Rico, em Santa Maria. Policiais do Grupo Tático Operacional (GTOP) da Polícia Militar estiveram na Quadra 27 da região administrativa após receberem informações sobre um grupo de pessoas estaria treinando tiros durante a madrugada em uma área em obras em área próxima às casas do bairro.
Depois de realizarem buscas pela região, os policiais encontraram três homens no local indicado nas denúncias. Um deles percebeu a aproximação da polícia e o grupo fugiu por um matagal, rumo à DF-290, e atravessaram para o estado de Goiás. A equipe encontrou uma mochila deixada por eles. Dentro dela, os policiais encontraram a submetralhadora artesanal com carregador. A arma é de calibre restrito e tem capacidade para 50 balas. 
 

As três pessoas ainda não foram encontradas. A arma foi encaminhada à 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria). Segundo o sargento Gilmar Melo, comandante do GTOP, não foi possível precisar a procedência da arma encontrada. "Esse é um tipo de armamento que está vindo muito do Entorno para o Distrito Federal", afirmou. 
 
O sargento acrescenta que as denúncias de moradores da região eram constantes. "Não sabemos de onde (a arma) veio, mas elas geralmente são usadas em crimes maiores: assaltos, confrontos com a polícia, etc. A comunidade do Porto Rico estava incomodada com a situação e passou a nos comunicar com frequência. Inclusive, os tiros eram disparados contra um barraco de madeira, então era possível que ricocheteassem e até atingissem moradores", comentou.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »