04/12/2018 às 07h01min - Atualizada em 04/12/2018 às 07h01min

Mulher assassina outra a facadas dentro de escola do Entorno do DF

Correioweb

Fernanda Xavier, 21 anos, era mãe de um estudante da escola onde foi assassinada (Foto - Facebook)
Uma desavença entre duas mulheres terminou em tragédia na Escola Municipal do Pedregal, bairro de Novo Gama (GO), distante cerca de 40km da Rodoviária do Plano Piloto. O caso aconteceu por volta das 12h desta segunda-feira (3/12), quando Jéssica Oliveira entrou na unidade de ensino e assassinou, a facadas, Fernanda Xavier, 21 anos. Ambas eram mães de alunos da instituição. 
 
A suspeita, após ficar mais de seis horas escondida, foi entregue pelo pai aos policiais civis do Novo Gama. A escrivã Glaucimar Cândida, responsável por registrar os relatos do caso, conta que a família estava com medo de Jéssica sofrer represálias após o crime.
 
De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Delegacia do Novo Gama, o irmão da vítima, Gabriel Xavier, contou que a irmã estava na escola quando Jéssica entrou e começou a esfaqueá-la. No registro, consta que Gabriel também ficou ferido, porque tentou segurar a mulher, que ainda conseguiu fugir do local.  
 
Fernanda estava no pátio da escola, sem vida, quando os militares chegaram. Após 10 minutos, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) compareceram ao local e confirmaram o óbito. 
 
Glaucimar conta que a briga entre as duas mulheres é antiga e começou pelas redes sociais. A família da vítima relatou que Jéssica havia enviado uma solicitação de amizade ao marido de Gabriela Xavier, irmã de Fernanda. A vítima tomou as dores da irmã e iniciou uma briga pela internet.
 
"Essa confusão culminou em uma briga um pouco maior, ontem (02/12). Fernanda e seus dois irmãos passaram pela frente da casa de Jéssica e discutiram. Gabriela e Fernanda chegaram a tacar pedras na direção da menina. Essa confusão deve ter sido a gota d'água para Jéssica ter matado a adversária", relatou a escrivã Glaucimar.
 
A briga foi confirmada por uma amiga da vítima, que preferiu não se identificar. “No domingo (2/12), elas tinham discutido em um bar aqui do Pedregal. Elas não eram parentes e eu não sei o motivo do desentendimento delas. Infelizmente, aconteceu essa tragédia. Estamos todos tristes”, lamentou. A mulher ainda conta que a filha dela estava indo para escola quando o fato aconteceu. “Ela voltou para casa assustada e disse que alguém tinha morrido esfaqueado, não imaginei que fosse a Fernanda”, disse.  
 
No Facebook de Fernanda, amigos começam a lamentar a morte dela. Muitos compartilham fotos dela e fazem postagens lamentando o ocorrido. "Só vou guardar memórias boas suas, princesa. Descanse em paz, Feh", disse uma colega. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »