21/12/2018 às 17h36min - Atualizada em 21/12/2018 às 17h36min

​BANDA PODRE SAIU FRUSTRADA

Correio de Santa Maria
Vital Furtado

Foto: Ana Gutemberg. Enquanto a rádio peão divulgava que Hugo Gutemberg estava preso, Vital Furtado entrevista o administrador sobre o acontecido

Com os últimos acontecimentos protagonizados pela BANDA PODRE e alguns politiqueiros de plantão em relação ao nome de Hugo Gutemberg na tentativa de envolvê-lo em corrupção e venda ilegal de lotes residenciais e do PRO-DF em Santa Maria, eu, profissional de imprensa com 43 anos de praia e, mesmo já vendo de tudo ao longo da profissão, me pergunto: qual seria a razão a razão de tamanha mentira, difamação, distorção da gestão de um administrador que deu todo o seu tempo e carinho pela cidade?
Seria pelo fato de não dar obras para alguns que se dizem empresários, mas, estão com o CNPJ sujo na receita? Seria por não barganhar com corruptos que se intitulam empresários ou simplesmente porque Hugo voltou a sua a tenção para empresários idôneos da cidade e nunca se assentou ou negociou com a BANDA PODRE  que tanto insiste em se dar bem querendo manter o sistema corrupto que tanto atrasou Santa Maria? 
A resposta é simples, objetiva e inadiável! Todos que participam de alguma forma (da BANDA PODRE), mesmo que de longe, mas, semeando a discórdia entre as pessoas de bem, promovendo a divisão na cidade, os tais querendo manter a pose de pessoa de boa índole e políticos donos da  cidade, donos da razão, porém, escondem a podridão que lhes rodeou e ainda rodeia pelos tribunais. Mas, suponho que eles acham que ninguém tem acesso as informações, e por isso, querem manter tudo exatamente como está, sem tirar nem pôr e o mais triste; tentando encenar que são de paz, mas, por trás de tudo isso, estão associados a gente do mal, aptos para todo o tipo de atrocidade conforme seja o desejo de seus mandatários.
A prova disso está em um suposto aviso dado por um mentor dessa inescrupulosa agremiação do mal, por sinal um sujeito de idoneidade maculada acompanhada de seu caráter medíocre e deplorável, dando conta de que mandaria investigar o Diretor do Hospital de Santa  Maria, o Diretor Regional de Saúde e por fim, investigaria também o administrador Hugo Gutemberg. No entanto, embriagado na sua própria ignorância, esqueceu-se que Hugo Gutemberg é pessoa limpa, honesta e transparente e que sua característica de bom gestor está justamente na prática de não ceder a jeitinhos ou paternalismos.
Em outras palavras, a parafernália que  abalou a manhã dessa sexta-feira (21/12) em Santa Maria, em que supostas denúncias levaram a equipe da DECAP a fazer busca e apreensão de documentos e  computadores da administração regional e, ainda, tornar o administrador alvo de investigação, resultou em tremenda frustração para os arquitetos do mal, até porque, os Policiais Civis não encontraram uma sequer irregularidade praticada pelo administrador Hugo Gutemberg que pudesse resultar em sua prisão, embora vieram com sede de prendê-lo.
Os que pretendiam “desmascarar” Hugo Gutemberg  foram os desmascarados. Revelados em suas ganâncias pelo poder de promoção política pessoal, parcialidades e falta de compromisso com Santa Maria e com parte da comunidade.
Após essa investida, tenhamos a certeza de que novas investidas virão, principalmente para quem não adotar o manual e o código de conduta desses supostos donos da cidade. E eu aqui, na minha maneira imparcial de informar, com certeza, dentro de pouco tempo estarei colocando nas páginas do Jornal Correio de Santa Maria que o feitiço está se virando contra o feiticeiro, até porque alguns casos de corrupção e outros aparentes ilícitos norteiam a vida dos que tentaram enodoar o nome e a honra de Hugo Gutemberg.
Em tempo: Provem da minha indignação, mas, não queiram provar do meu veneno. Até porque, há poucos dias, a tentativa pelo poder era uma frustração. Porém, em um futuro bem próximo, essa frustração poderá vir como um inevitável desastre moral.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »