26/01/2019 às 18h13min - Atualizada em 26/01/2019 às 18h13min

Ibama vai multar a Vale em R$ 250 milhões por acidente com barragem

A informação foi dita pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que está em Brumadinho para acompanhar o trabalho no local

METRÓPOLES

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) vai multar a Vale em R$ 250 milhões devido ao rompimento da barragem Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). A informação foi divulgada pelo blog da Andreia Sadi.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, viajou nessa sexta-feira (25/1) a Minas Gerais, junto com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, para acompanhar o trabalho de resgate na região atingida.
 

Nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) informou neste sábado (26/1) que foi publicado um decreto para instituir o Conselho Ministerial de Supervisão de Respostas a Desastre, coordenado pelo ministro da Casa Civil.

De acordo com Bolsonaro, “a finalidade é acompanhar e fiscalizar as atividades a serem desenvolvidas em decorrência do desastre e acompanhar as ações de socorro, de assistência, de restabelecimento de serviços essenciais, de recuperação do ecossistema e de reconstrução”.

Funcionamento da barragem
A Retiro Baixo Energética, responsável pela Usina Hidrelétrica de Retiro Baixo, informou que tomou as primeiras providências para conter a lama da barragem rompida. A operação da usina foi interrompida e foram realizados testes de vertedouro, além de fechadas as tomadas de água para preservar os equipamentos. A empresa está em contato com as autoridades competentes para avaliar os reflexos causados pelo deslocamento da lama e tomar novas providências.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego