31/01/2019 às 07h29min - Atualizada em 31/01/2019 às 07h29min

Petrobras vende pela metade refinaria que Dilma pagou 1 bi

Notibras

A Refinaria de Pasadena, da Petrobrás, instalada nos Estados Unidos, foi vendida nesta quarta-feira, 30, para a americana Chevron. Logo após a compra, começaram investigações que desembocaram em um dos maiores escândalos já vistos no Brasil.

O negócio agora concretizado envolveu recursos da ordem de 562 milhões de dólares. A compra de Pasadena pela Petrobras aconteceu no governo da ex-presidente Dilma Rousseff. E custou pouco mais de 1 bilhãos de dólares – cerca de 4 bilhões de reais.

O valor final da operação está sujeito a ajustes de capital de giro até a data de fechamento da transação, segundo informou a Petrobras.

A compra de Pasadena pela Petrobras chamou a atenção da Polícia Federal porque o valor pago inicialmente apenas pela metade do ativo, US$ 360 milhões, foi muito superior aos US$ 42,5 milhões que a belga Astra Oil havia desembolsado pouco antes pela totalidade da mesma unidade.

Depois, quando desejou ter total controle da refinaria, a estatal brasileiro pagou mais cerca de 700 milhões de dólares. Quando foi preso na Operação Lava Jato, Nestor Cerveró, em delação premiada, admitiu desvio de recurso no investimento.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego