13/03/2019 às 18h34min - Atualizada em 13/03/2019 às 18h34min

Em grande estilo, Ivete Figueira Homenageia mulheres empreendedoras.

CSM.


 

 
Na manhã do sábado (09), a grade jogado no Ginásio de Esportes de Santa Maria teve início exatamente às 9 da manhã, quando Ivete Figueira, através do Instituto Nova Cidadania e em companhia de amigas inseparáveis, realizou um convidativo café da manhã às do grupo Mulheres Empreendedoras de Santa Maria para celebrar o Dia Internacional da Mulher co memorado oficialmente no dia 8 de março.
Ivete e suas amigas pensaram em tudo. Banquete, presentes, bebidas e vários serviços de atendimentos médicos disponibilizados para todos que participavam do evento.
De acordo com a coordenadora do projeto Mulheres Empreendedoras, Ivete Figueira, não se trata de um simples grupo, e sim, uma família que se relaciona muito bem, principalmente na troca de experiências, explicou Ivete.
Para que tenham uma noção da grandiosidade do projeto criado por Ivete Figueira, A renda obtida por estas mulheres ganha cada vez mais importância no orçamento familiar: quatro (4) em cada dez (10)  lares brasileiros são chefiados por mulheres.  
Diversos fatores têm contribuído para o aumento do número de mulheres empreendedoras: autoconfiança, independência, necessidade de complementar a renda, autoconhecimento das suas potencialidades, busca por realização, realização de um sonho, inspiração em histórias de empreendedorismo feminino, entre outros.
Ainda existe muito preconceito a ser enfrentado por mulheres empreendedoras no mundo dos negócios, principalmente naqueles segmentos historicamente dominados por homens, como o setor industrial, mas elas estão determinadas a enfrentar todo tipo de obstáculo.
Heroínas da vida real, as mulheres estão aprendendo a equilibrar todas as áreas da sua vida, principalmente em relação a trabalho e família. O sucesso deste equilíbrio pode significar também a sua realização pessoal e profissional.
De acordo com Ivete, diante de tudo o que foi falado aqui sobre as Mulheres Empreendedoras, o projeto tem dois anos e meio que está sendo desenvolvido, conta com oitenta (80) mulheres cadastradas, porém, nunca teve apoio do Poder Público e nem dos demais segmentos. “Nunca apareceu nenhum político sequer com disposição de nos ajudar. Quando aparece é com o único objetivo de pegar carona para aparecer na foto”, comenta Ivete.
A ajuda a que Ivete Figueira se refere é simplesmente na doação de materiais (obra prima) para que as empreendedoras desenvolvam as suas atividades. 
Parabéns, Mulher Empreendedora! Neste dia 8 de março (comemorado no sábado 9), Dia Internacional da Mulher, você merece esta homenagem. Obrigado por encarar a missão de ser a heroína do mundo real.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »