14/02/2017 às 07h13min - Atualizada em 14/02/2017 às 07h13min

ES anuncia a demissão de 161 PMs envolvidos em aquartelamentos

Publicações são dos primeiros inquéritos instaurados de 703 policiais. Serão publicados inquéritos de 2 tenentes; 1 major; e 1 capitão da reserva

G 1

 Polícia Militar do Espírito Santo informou que vai publicar, nesta terça-feira (14), em Diário Oficial do Estado, a instauração dos primeiros Inquéritos Policiais Militares (IPMs) e a demissão de 161 militares envolvidos no aquartelamento que teve início na sexta-feira (3).


As publicações são dos primeiros inquéritos instaurados de 703 policiais militares investigados.


As demissões têm prazo inicial de 30 dias para serem concluídas, segundo o governo.


Serão publicados os inquéritos de dois tenentes-coronéis; um major; e um capitão da reserva remunerada, segundo a Secretaria de Segurança Pública (Sesp).


Além disso, de acordo com a Sesp, serão publicados o “Procedimento Administrativo Disciplinar Rito Ordinário”, para quem tem menos de 10 anos de PM, ou Conselho de Disciplina, para quem tem mais de 10 anos de PM, de 161 policiais militares.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego