25/06/2019 às 08h32min - Atualizada em 25/06/2019 às 08h32min

Lava Jato bloqueia R$ 113 milhões de Paulo Preto nas Bahamas

O ex-presidente da Dersa foi denunciado pela 2ª vez no âmbito da operação. Desta vez, por lavagem de US$ 400 mil no exterior

A força-tarefa da Operação Lava Jato do Ministério Público Federal (MPF) conseguiu o bloqueio de R$ 113 milhões do ex-presidente da DersaPaulo Vieira de Souza em uma conta bancária nas Bahamas. De acordo com os procuradores, essa foi a quantia identificada pelos investigadores do país caribenho, mas novos valores podem vir à tona.

Mais cedo, a Lava Jato apresentou uma nova denúncia contra Paulo Preto pela prática de lavagem de dinheiro, em 2016, no valor de US$ 400 mil. Na manifestação, a força-tarefa pede novamente a prisão preventiva de Souza, identificado como operador do PSDB.

 

A investigação revelou que, em 23 de maio daquele ano, Souza movimentou a quantia em contas no exterior com a ajuda do operador financeiro Rodrigo Tacla Duran. “Para a internalização do valor, houve uma operação de dólar-cabo invertida: disponibilizados os US$ 400 mil no exterior à dupla de doleiros Wu-Yu e Tacla Duran, este último realizou quatro entregas em maio e junho de 2016 do valor equivalente em reais no Brasil a Paulo Vieira de Souza”, acusa o MPF.

 

De acordo com a Lava Jato, as operações foram registradas em detalhe por Paulo Preto em seu celular como “Grude – OK Rui Rei”, sendo “Rui Rei” um dos codinomes utilizados pelo operador Rodrigo Tacla Duran, como admitido por ele próprio perante Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Congresso Nacional.

A partir da conta em Bahamas, foram realizadas ao menos sete transferências, entre 2017 e 2019, que somaram mais de US$ 5 milhões, conforme discriminado na peça acusatória.

Condenações
Paulo Preto está condenado à mais alta pena da história da Lava Jato – 145 anos e oito meses de prisão por peculato de R$ 7,7 milhões na Dersa. Ele também foi sentenciado a 27 anos e 8 dias por crimes de cartel e fraude em São Paulo.

 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »