12/08/2019 às 14h30min - Atualizada em 12/08/2019 às 14h30min

​Omissão quanto à sinalização pode causar graves acidentes.

Por vários anos consecutivos o Líder Comunitário Francisco de Assis Fonseca (o Fonsequinha), vem alertando quanto tragédia anunciada por essa omissão na sinalização do Trânsito local.

VITAL FURTADO
CSM
Foto CSM: Trânsito liberado no mesmo sentido, tanto de quem vai retornar de Santa Maria para o Novo Gama quanto de de quem vem do Gama
  
Quem vem de Santa Maria ou pela DF 20 sentido Gama e tem que retornar para o Novo Gama, sabe o perigo que corre em seguir em frente mesmo tendo o sinal verdade como preferência. É que, enquanto o sinal abre para quem está contornado sentido Novo Gama, do outro lado, sentido Gama Novo Gama, o trânsito também continua livre para aos motoristas que, apenas diminuem a velocidade, dentro do padrão estabelecido pela barreira eletrônica.
Com a falta de sensibilidade ou conhecimento técnico das autoridades competentes, quem sabe até mesmo descaso, cabe ao motorista se arriscar, meter a cara e passar ou esperar pelo bom senso de quem vem na pista lateral, porém, no mesmo sentido. Como “bom senso” é coisa rara, o motorista que tem o sinal aberto para seguir em frente não tem outra opção senão, meter a cara, principalmente se seu carro possuir arrancada potente ou for maior que os outros veículos.
A pergunta que o Líder Comunitário Fonseca faz é: Cadê o interesse do administrador de Santa Maria para resolver a questão? Segundo Fonseca, várias reclamações e alertas já foram protocoladas por ele na RA XIII, alertando para o perigo e se perguntando: “Vai ser preciso um acidente com morte para que tomem providência e coloquem um semáforo após a barreira para quem vem do Gama?
No mesmo pensamento do Líder Comunitário estão os motoristas e até mesmo os moradores, que terão próximo a lombada uma possibilidade de travessia segura para Santa Maria quando ocorrer o fechamento do sinal, dando preferência a quem está no retorno do balão para se dirigir ao Novo Gama e demais bairros. “O problema se agrava porque enquanto não aparecer alguém que tenha na cabeça um cérebro ao invés de conteúdo de fraldas de criança, os condutores de veículos continuam se arriscando sem saber de quem é a preferencial e correndo o risco de acidentes, e diga-se; com mortes”, diz Francisco Fonseca.
Será que o administrador Miro Gomes não está dando valor sobre essa questão que o Fonseca cobra insistentemente. Será que não tem valor a sugestão acertada de quem está tentando evitar que o pior acontece naquele local?
                                                                                                                     
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »