18/11/2020 às 06h49min - Atualizada em 18/11/2020 às 06h49min

Eleitores alegam fraude e protestam por nova eleição em Águas Lindas (GO)

Manifesto ocorreu na tarde desta terça-feira (15/11), no Cartório Eleitoral do município do Entorno para denunciar crimes de candidatos

Insatisfeito com o resultado das urnas no último domingo, (15/11), um grupo de cerca de 200 eleitores esteve reunido na tarde desta terça-feira (17/11), em Águas Lindas de Goiás, para pedir novas eleições no município. O ato ocorreu na esquina das ruas 09 e 19, no Jardim Querência, em frente ao Cartório Eleitoral da cidade.

Ligados a Wilson do Tullio (DEM), candidato derrotado por apenas 25 votos do vencedor, Doutor Lucas (Podemos), os manifestantes questionaram que dois candidatos a vereadores foram impugnados por não terem se desligado dos cargos públicos no período fixado pela lei eleitoral, mas a mesma punição não teria ocorrido com o candidato majoritário adversário.

“Vocês têm conhecimento da grande compra de votos na cidade pela falta de estrutura da Justiça Eleitoral, da fiscalização, do efetivo da Polícia Militar [PMGO], da não presença da Polícia Federal [PF]. Nós queremos que você [Cartório Eleitoral] aja isentamente e faça uma nova eleição”, reivindicou o locutor de cima do carro de som.

Os eleitores também alegam um possível problema registrado nas urnas no último domingo (15/11), sem que os defeitos e as trocas tenham sido registrados em ata oficial. “Onde foram parar os votos computados anteriormente? O grupo de advogados vai acompanhar a ação e cobrar por providências sobre as inúmeras irregularidades na eleição”, frisou o manifesto

A reportagem tenta contato com a coligação da chapa vencedota. A reportagem será atualizada quando houver manifestação oficial da coligação acusada.

Eleições

Com o resultado divulgado na noite do último domingo (15/11), o candidato Dr. Lucas do Santa Mônica (Podemos) foi eleito o novo prefeito de Águas Lindas. Ele substituirá o atual chefe do Executivo municipal, Osmarildo Alves de Sousa, mais conhecido como Hildo do Candango (PTB), que encerra o mandato no dia 31 de dezembro.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o político foi eleito com 47,61 % dos votos válidos. O segundo colocado, Wilson do Tullio (DEM), recebeu apenas 35 votos a menos – 47,56% do total.

Ele concorria com outros cinco postulantes à principal cadeira da cidade. O município é o mais populoso do Entorno do Distrito Federal, com de 217,6 mil habitantes.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »