22/01/2021 às 05h36min - Atualizada em 22/01/2021 às 05h36min

PCDF investiga onda de furtos a mansões no Lago Sul, região nobre do DF

A corporação registrou oito ocorrências de furtos tentados ou consumados, entre dias 18 e 19 de janeiro, em uma mesma quadra do Lago Sul

Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio da 10ª Delegacia de Polícia, investiga uma onda de furtos incomum no Lago Sul, região nobilíssima da capital do país.

Entre as últimas segunda e terça-feira (19/1), foram realizados oito registros de ocorrências de furtos tentados ou consumados em casas localizadas na Quadra 26, de acordo com a polícia. Essa quadra fica ao lado da Ponte JK, um dos cartões-postais de Brasília. Um estabelecimento da QL 2 também foi alvo de criminosos.

Os investigadores consideram que oito ocorrências de crime registradas de uma só vez envolvendo uma mesma quadra do Lago Sul foge da normalidade do setor. A região tem a maior concentração de renda no Brasil e é comum haver segurança privada em quadras e mansões.

A 10ª DP iniciou os trabalhos para solucionar os casos comunicados. “Nós já instauramos os procedimentos, entrevistamos algumas pessoas, colhemos imagens, comparecemos a todos os locais – a perícia também – e estamos em diligências ininterruptas para identificação desses suspeitos”, disse o delegado adjunto da 10º DP, Bruno Dias.

Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) também foi acionada. A corporação informou que houve dois furtos na QI 26, um na QL 26 e outro em um posto de combustíveis da QL 2. Ninguém foi preso ainda.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »