27/02/2021 às 07h56min - Atualizada em 27/02/2021 às 07h56min

Missas, cultos e rituais poderão ser realizados durante lockdown no DF

Decreto publicado pelo GDF nesta sexta-feira (26/2) considera os templos religiosos como serviços essenciais

Decreto publicado pelo Governo do Distrito Federal (GDF) determina lockdown na capital sem restrição de horário, a partir de domingo (28/2). A nova medida fecha escolas, bares, restaurantes, mas mantém serviços como supermercados e farmácias abertos.

Outro setor considerado pelo governo como essencial é o de igrejas. O decreto mantém cultos, missas e rituais de qualquer credo ou religião em funcionamento.

A medida havia sido antecipada na Coluna Janela Indiscreta. De acordo com o documento publicado nesta sexta-feira (26/2), em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), esses estabelecimentos podem continuar abertos, apesar das determinações recentemente anunciadas para evitar aglomerações.

Mais cedo, durante uma entrevista à Rádio CBN, o titular do Palácio do Buriti justificou a decisão pelo fato de a prática religiosa ter sido incluída, por meio de uma lei distrital, nos serviços enquadrados como essenciais.

“Tem uma lei distrital que coloca como serviço essencial. Então, as igrejas podem funcionar, desde que obedecendo o distanciamento legal já imposto”, frisou Ibaneis.

De autoria do deputado Rodrigo Delmasso (Republicanos), a lei foi sancionada em 10 de julho do ano passado.
 

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego