20/03/2018 às 06h27min - Atualizada em 20/03/2018 às 06h27min

Líderes de igrejas do Entorno são presos em operação do Ministério Público

De acordo com o MP, líderes religiosos desviaram dinheiro arrecadado de dízimos, doações, taxas de batismo e casamento e arrecadações festivas com apoio financeiro de fiéis

MP-GO
A Polícia Militar e Civil de Goiás cumpre no Entorno do Distrito Federal 13 mandados de prisão contra líderes religiosos, na manhã desta segunda-feira (19/3). A Operação Caifás, do Ministério Público do Estado, mira desvios de recursos da Diocese da Igreja Católica de Formosa e de paróquias ligadas a ela. De acordo com o MP, foram desviados dinheiro arrecadado de dízimos, de doações, de taxas como batismo e casamento e de arrecadações festivas com apoio financeiro de fiéis.

 

As investigações começaram em 2015, quando fiéis denunciaram os desvios. A apuração culminou na operação deflagrada na manhã desta segunda. Também são cumpridos 10 mandados de busca e apreensão em residências, na cúria da Diocese de Formosa, em paróquias de Planaltina de Goiás, Posse (GO) e em um mosteiro.

As ordens judiciais em Formosa são 9 de prisão e 5 de busca e apreensão; em Posse são 3 de prisão e 4 de busca e apreensão; e em Planaltina/GO é 1 de prisão e 1 de busca e apreensão, todos contra lideranças religiosas ou administrativas ligadas à Igreja Católica.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego