14/08/2018 às 15h18min - Atualizada em 14/08/2018 às 15h18min

Membro do MST é preso suspeito de estuprar mulher próximo à Granja do Torto

O suspeito chegou a ser agredido por populares, após denúncia da vítima

O Democrata

m membro do Movimento Sem Terra (MST) foi preso suspeito de estuprar uma mulher, na manhã desta terça-feira (14), no Núcleo Rural Boa Esperança II, próximo à Granja do Torto, no Distrito Federal.

 Segundo a Polícia Militar, o suspeito participa das manifestações que ocorrem em Brasília desde a última sexta-feira (10) para acompanhar o registro da candidatura de Lula, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta quarta-feira (15).

O suspeito foi detido durante ato na Torre de TV nesta manhã. Ele chegou a ser agredido por populares após denúncia da vítima.

A organização do MST garantiu que o homem não faz parte do movimento. “Foi feita checagem e rechecagem dos integrantes. Todas as marchas estavam reunidas às 7h nas ruas e não falta nenhuma pessoa entre as delegações. Há controle de nomes em lista e pulseiras para controle dos presentes”, informou. Segundo os responsáveis pelo MST, “é uma irresponsabilidade creditar o crime ao movimento a partir da fala do suspeito.”

Ainda de acordo com a PM, o suposto agressor, que não teve a identidade revelada, é morados de Goiás. Ele foi encaminhado à 5ª Delegacia de Polícia, na área central, para registro da ocorrência.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego