26/03/2020 às 21h25min - Atualizada em 26/03/2020 às 21h25min

Marido da idosa que morreu por coronavírus está internado em semi-UTI, em Luziânia

Prefeita explicou que ele será transferido para o Hospital de Doenças Tropicais (HDT) em Goiânia com sintomas da Covid-19 para continuar tratamento.

G 1

A prefeita de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, Edna Aparecida, confirmou que o marido da idosa de 66 anos que morreu de coronavírus está internado em leito de semi-UTI em uma Unidade de Pronto Atendimento da cidade. O local é chamado de "sala vermelha" e dispõe de alguns equipamentos de urgência.

O paciente será encaminhado para o Hospital de Doenças Tropicais (HDT) em Goiânia, após pedido de transferência entre os municípios, chamado de regulação.

"Hoje ele amanheceu bem, está internado e está na regulação para ser encaminhado ao HDT. A família e a cidade estão muitos assustados. Estamos com equipe epidemiológica por conta da família e outra por conta da equipe médica que recebeu a paciente [idosa que morreu de coronavírus]", afirma a prefeita.

A equipe municipal de vigilância epidemiológica coletou nesta quinta-feira (26) amostras para o exame de coronavírus, a ser realizado pelo laboratório estadual Lacen, em Goiânia e aguarda o resultado para a Covid-19.

Durante o atendimento prestado à idosa pela equipe médica, enquanto ela esteve internada na UPA Jardim Ingá, os profissionais usaram luvas e máscaras, segundo a prefeita.

 

Evolução no quadro de saúde

 

A prefeita disse que a idosa deu entrada com falta de ar no domingo à noite (22) e passou por tomografia no tórax. Com o resultado, a paciente foi encaminhada para isolamento na "sala vermelha".

 

"A equipe colheu o material. O Lacen não aceitou, disse que ela não atendia o Lacen Goiânia e não atendia os critérios. Liguei pessoalmente na segunda-feira [23] e pedi que agilizassem porque o caso era grave. Eles aceitaram o exame dela e quando saiu, ela estava com quadro estável ontem até às 21h [quarta-feira, 25] e depois piorou de uma vez", relata a prefeita.

Segunda a prefeita, a região do Entorno do Distrito Federal não tem nenhum leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em funcionamento.

Houve reunião nesta quarta-feira com a Governadoria do Estado para acertar a instalação de 82 leitos de UTI no Hospital Municipal de Luziânia, segundo a prefeita.

Atualmente, as duas UPAs de Luziânia dispõem de seis "salas vermelhas" de semi-UTI em operação. A prefeita informou que 18 novos leitos de internação intermediária, com oxigênio disponível, serão colocados em funcionamento nesta semana.

 

Casos em Goiás

 

O número de casos confirmados de coronavírus em Goiás subiu para 38 nesta tarde, segundo boletim da Secretaria Estadual de Saúde.

Além de Luziânia, as confirmações foram registradas nos municípios de Goiânia (21), Rio Verde (6), Anápolis (3), Aparecida de Goiânia (2), Valparaíso de Goiás (2), Jataí (1), Catalão (1) e Silvânia (1).

Veja outras notícias da região no G1 Goiás.

 
Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »