21/11/2020 às 08h33min - Atualizada em 21/11/2020 às 08h33min

TSE rebate notícias falsas: “Não houve anulação de eleições em cidade alguma”

Justiça Eleitoral publicou nota reafirmando a validade e a segurança das urnas eletrônicas nos votos registrados nas eleições de domingo

Notícias falsas sobre a suposta anulação das eleições 2020 em algumas cidades circulam pelas redes sociais. Porém, por meio de nota, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desmentiu a corrente de desinformação que ronda aplicativos de celular e sites não oficiais.

Nesta sexta-feira (20/11), o TSE divulgou o comunicado para desmentir as mensagens inverídicas. “Nunca houve, desde o início do uso das urnas eletrônicas, em 1996, constatação de fraude em resultados com a utilização do equipamento”, afiançou a Justiça Eleitoral.

Segundo o TSE, os resultados das eleições em todas as cidades onde ocorreram as eleições no último domingo (15/11) são válidos, seguros e corretos. A Justiça Eleitoral também investiga um suposto ataque hacker desferido contra o processo eleitoral nos munícipios.

O TSE informa ainda que:

– A urna não tem conexão à internet ou via bluetooth, o que já elimina possibilidade de ataque por hackers;
– A urna possui mais de 30 camadas de segurança encadeadas para dificultar a fraude;
– Há lacres de segurança que mostram qualquer tentativa de violação;
– Antes das eleições, as urnas são expostas a hackers e especialistas que queiram testar sua segurança;
– Ao final da votação, o resultado de cada urna é impresso em cinco vias – uma delas fixada na própria seção eleitoral – e qualquer cidadão pode ter acesso por meio do BU divulgado no site do TSE ou mediante pedido ao juiz eleitoral.
– O resultado divulgado pode ser comparado com os boletins impressos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »