01/04/2018 às 07h04min - Atualizada em 01/04/2018 às 07h04min

Menino de 3 anos morre logo depois de deixar UPA em Novo Gama

Jbr

Um menino de 3 anos morreu pouco depois de deixar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal. A mãe da criança acusa a unidade de negligência. A Secretaria de Saúde do município abriu um processo administrativo para apurar o caso, que ocorreu no dia 26 de março.

Tales Leonardo Brandão vivia uma série de vômitos e náusea quando deu entrada na unidade. Segundo a mãe dele, Tatiane Fontenele, o médico que o atendeu receitou remédio para dor e vômito e liberou a criança para casa. Cerca de duas horas depois, o quadro de Tales piorou e eles voltaram ao local.

O médico plantonista, no entanto, disse que a UPA não tinha estrutura para atender a criança. Em seguida, a família decidiu tentar atendimento no Hospital Materno Infantil de Brasília – Tales fazia acompanhamento no Hmib desde que foi submetido a uma cirurgia para tratar de problemas gástricos, no ano passado.

Tales morreu no trajeto a Brasília, que leva cerca de 50 minutos. Segundo a Secretaria de Saúde de Novo Gama, após o primeiro atendimento, a criança foi encaminhada ao pediatra com pedido de urgência, mas os pais ignoraram a orientação e retornaram à UPA seis horas mais tarde, quando o menino já tinha piora no quadro.

A pasta também afirmou que o plantonista encaminhou a criança ao Hospital Materno Infantil de Brasília. O caso também foi registrado na Polícia Civil. As informações são da TV Anhanguera.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego